Justiça condena a cantora gospel Perlla a pagar quase R$ 1 milhão a ex-empresário

3885 visualizações Comments
Foto: © AgNews

Perlla foi condenada pela Justiça a pagar R$ 836 mil para seu antigo escritório devido à quebra de contrato. A cantora reincidiu seu vínculo de três anos com a Alcla Produções Artísticas Ltda, em 2009.

Os documentos contratuais diziam que em caso de quebra de contrato a multa seria de R$ 1 milhão. No entanto, o juiz Carlos Alfredo Flores da Cunha, da 4ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, reduziu o valor por entender que era exagerado e desproporcional, segundo o jornal “O Dia”.

Perlla havia fechado parceria com a empresa para durar de 17 de setembro de 2008 a 17 de setembro de 2011. Mas em 2009 a cantora resolveu deixar a carreira nas mãos de seu então noivo, o jogador Leo Moura.

O craque, inclusive, foi alvo de pedidos de indenização por danos morais e materiais. No entanto, o atacante saiu ileso. As ações contra ele foram julgadas improcedentes.

MSN|FAMOSIDADES

 

Artigos Relacionados